SPFWn41: Explosão de cores e cintilância invadem a coleção da Gig Couture

Explosão de texturas, cores e proporções – além dos pés cintilantes – invadiram às passarelas da mineira GIG Couture, no último dia do SPFWn41.

Com uma moda fresh e contemporânea, a coleção Simultané fez jus e aposta certeira graças a intensidade de sensações exploradas pela marca.

“Pela primeira vez a estilista Gina Guerra faz modelos fluídos e mais soltos no corpo, o que traz um bem vindo ar de despreocupação e uma silhueta mais easy.” Portal FFW

 

Inspiração

Fotos FFW

Repercussão

“Foi a multifacetada artista francesa Sónia Delaunay (1885-1979) que inspirou Gina Guerra a dar as primeiras pinceladas no verão 2017 da GIG. Está tudo, de certa forma, ali: as cores e formas de Sónia, que, além de pintora, também trabalhou com moda e estamparia, além de figurino e design de interiores.

Todo esse pluralismo, de certa forma, se reflete na coleção que a grife mineira apresentou neste último dia de SPFW – como nos comprimentos, que vão do míni ao mídi, passando pelas silhuetas, ora em uma pegada anos 1920, ora mais moderninhas com influência sessentista. Especialidade da marca, os tricôs aparecem em mood romântico, com babados e rendas na medida. Espiada com carinho nas peças plissadas com efeitos tridimensionais, que garantem ainda mais movimento.” Revista Donna

“A referência é bem clara – especialmente nos plissados – nos tons escolhidos para estarem lado a lado e como um alimenta o outro, mesmo sendo tão distantes em termos de tonalidade. A coleção é repleta de geometria, texturas e volumes, com momentos assimétricos e, claro, muito movimento. Os volumes andam pelo corpo, ora deslocados no colo, na barra da saia ou no ombro através de camadas de babados.” Portal FFW

Minha experiência

Estava muito ansiosa para conferir a coleção, já que a grife me surpreende e não é de agora. Já conhecia de ler e ver em revistas o trabalho singular que a marca desenvolve com tricô, sua marca registrada. Mas, ao vivo, é realmente incomparável.

A cartela de cores escolhida, bem cool, fresh e com um quê jovial, transmitia intensidade notória. Saltavam aos olhos também a fluidez  e o caimento surpreendente das peças no corpo. Foi de uma leveza e movimento inegáveis.

Outro ponto forte da label foi apostar nos babados e plissados para remeter à feminilidade e ao romantismo, além da assimetria, dos decotes discretos e da tendência ombro a ombro que arrebataram a proposta da coleção em cheio.

O que reinou também nas passarelas foi o lurex, o que resultou em um desfile que esbanjava muito brilho.

Para finalizar e dar um ar ainda mais leve e fresh, acessórios de acrílico, que pareciam cair como uma luva.

Meu desejo imediato? Os sapatinhos cintilantes. Não consegui tirar os olhos – e não consigo mais desver:)

Sem dúvidas, a riqueza de detalhes e a harmonia como um todo fizeram uma coleção impecável.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s