Das areias para o concreto: a pluralidade de Lenny Niemeyer no SPFWn41

“Cada vez mais há menos distância entre as modas de praia e de rua. Lenny é um bom exemplo dessa derrubada de barreira e tem trabalhado com maestria o aspecto de um lifestyle que gira em torno do beachwear, em vez de se prender somente no espaço entre a areia e o mar.” Matéria FFW

 

No terceiro dia do SPFW (dia este que me rendeu uma viagem à Flórida 🙂 explico melhor em breve), pude conferir o desfile da label Lenny Niemeyer, uma marca que domina e desperta o desejo pelo beachwear.

Nas passarelas, uma explosão de cores vindas da riqueza de estampa de tirar o fôlego. O desfile foi crescendo e ganhando leveza ao longo do percurso, quando os prints cederam lugar ao clássico tons de pele.

Inspiração

Lenny foi ao outro lado do mundo e buscou inspiração no Japão e apresentou para sua coleção de verão 2017, peças cheias das tradicionais referências desta cultura milenar. Da delicadeza das flores a força de um tigre, da fuga da esperado a recortes assimétricos, foi um desfile digno de um espetáculo.

 

 

Repercussão

“Em um dos desfiles mais lindos deste terceiro dia de SPFW, Lenny Niemeyer foi até o Japão buscar inspiração para seu verão 2017. Flores, vulcões, carpas e tigres decoraram belamente biquínis e maiôs com recortes, assimetrias e decotes profundos, prontos para conquistar as clientes globe-trotter da marca. O trabalho do fotógrafo Nobuyoshi Araki também foi forte referência. Reconhecida aqui e lá fora por seu beachwear ultrassofisticado, que veste as mulheres nos melhores balneários, a nova linha chamou atenção também pelo pós-praia, com quimonos leves, jaquetas bomber e pantacourts. A ideia aqui é vestir Lenny da praia ao asfalto, sem perder a elegância. Enquanto o começo da coleção trouxe um interessante mix de padronagens, o fim da apresentação reservou tons terrosos como areia, marrom e verde-floresta, com amarrações que remetiam a cordas inspiradas na arte shibari. De tirar o chapéu.” Revista Elle (online).

“Lenny olhou para a cultura milenar do Japão, mostrando ícones de sua tradição, como o shibari, os quimonos e estampas de animais como tigre e carpas, em modelagens contemporâneas. O desfile começa com muitas cores vindas da riqueza das estampas e vai limpando até chegar em tons de pele.” Portal FFW

Minha experiência

Foi minha primeira vez em um desfile de moda praia – e confesso que me surpreendi com a peculiaridade e a modelagem impecável apresentada pela marca. Além dos biquínis e maiôs dignos que entrarem na mala de viagem, as saídas de praia conseguem fazer bonito tanto dentro como fora das areias, sendo perfeitamente adaptável para o concreto da cidade. Como não gostar de tamanha versatilidade?

Claro, como boa admiradora da moda, algumas peças despertaram em mim um desejo absoluto. Como quis chamar uma bomber jacket de minha!

Nunca vi um desfile ser tão aplaudido – houve até quem não aguentou segurar as lágrimas.

Saí do desfile inspirada e desejosa em ver a vida de maneira leve, de preferência de frente para o mar. Foi então que, mais uma vez, fui visitar o lounge da Visit Flórida (continua).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s