Look do Dia: Arrasando de maxicolete e saia longa

Sim, essa combinação é perfeitamente possível. E, como já puderam perceber, não, não sou eu quem irá ilustrar o #ootd da vez, kkkkkkkkkkkk

Well, estávamos na redação, numa bela manhã ensolarada, discutindo as possibilidades de um look. Acredite, são muitas. Depende de você, da sua criatividade, do seu estilo, da sua personalidade e por aí vai.

Adoro essa frase da Katharine Hepburn. Tenho certeza que lerão muito por aqui:

“Uso meu estilo de roupa para me poupar do problema de decidir que roupa vestir.”

Em outras palavas, seja você mesma. Não importe se a opinião dos outros vai apoiar ou não o teu estilo ou aquilo que você veste, desencane. Seja autêntica. Seja original. E o look que a Thais usou diz muito sobre isso.

Não é todo mundo que consegue eleger duas peças que tinham tudo para entrar em ‘estado de coque’ em um look em comum. . Afinal, a cartilha chata e antiquada da moda prega que devemos balancear as proporções e para termos em mente que, se quisermos usar algo com comprimento longo, o curto deve estar na mesma composição. E até que se tem razão nesse ‘jogo do equilíbrio’. Mas, cá entre nós, isso está mais para questão de bom senso do que ‘senso de moda’.

Agora, já pensou em apostar em comprimentos maxi numa mesma produção? Uaaaaaaau! Isso é para poucas, concordam? Essa é a grande sacada 🙂

A saia longa costuma ocupar a posição ‘ame ou odeie’ no closet feminino – principalmente se estivermos falando das baixinhas. Muitas ficam na dúvida se ela vai ou não achatar ou evidenciar a baixa estatura, mas, relaxa: ela não vai revelar nada mais do que a realidade, kkkkkkkkkkkk. Claro,  qualquer truque que esteja a nosso favor é sempre um aliado (digo por mim também, cidadã do país das ‘tampinhas’, kkkkkkk). Por isso, apostar em looks monocromáticos ou subir no salto podem ser a solução. Mas, se quiser sair de sapatilha, uai, qual é o problema?

Para não comprometer a silhueta (ou se achar estranha), nada que uma cintura mais marcada ou um pouquinho mais alta não resolva 🙂 ah, e claro, investir em um sapato nude também resolve, babe 🙂
Já o maxicolete é um elemento que realmente acaba assustando muito um pouco – e não deveria. Afinal, é statement, powerful e dá uma bela de uma guinada instataneamente em qualquer produção. Não preciso falar que eu amo, né? /Coloquem corações, kkkkkkkkkkk ❤️❤️❤️❤️ Uma dica: os de tricot acabam agradando mais pela praticidade do que os de alfaiataria 🙂

Agora, vamos ao look 🙂

A estampa floral deixa qualquer peça com um toque visível de feminilidade. Para não errar, a t-shirt entra como uma peça indispensável, já que traz neutralidade. Até aqui, podemos projetar um look boring – possivelmente (?) – e certamente bem previsível. É então que entra em cena o papel arrebatador do maxicolete, rá! Vejam só:


  

E então? Perceberam que ousar um pouco mais e sair da zona de conforto não dói nada?

* Se quiserem ser cobaias de muá, me enviem fotos (alô, Nuba, kkkkkkkkkk. Será um prazer tê- las por aqui 🙂
* And, sobre meu sumiço e ausência diária dos ‘look do dia’ por aqui, não briguem com eu, kkkkkkk. Estamos reformando o apartamento e, logo, estamos sem locação do #ootd, kkkkkk. Mas, não se preocupem. Até o final do mês, teremos os 29 looks 🙂 🙂 🙂

* Ah, e não esqueçam de comentar e curtir – não custa nada 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s